Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

* Mare Magnum *

«mas quanto mais me alongo, mais me achego» - Camões.

* Mare Magnum *

«mas quanto mais me alongo, mais me achego» - Camões.

15.06.24

Captura de ecrã 2024-06-15 174827.png

        Para acompanhar a leitura do último livro do José da Xã, “Des(a)fiando Contos” (DG Edições, Linda-a-Velha, Abril de 2024; capa e contracapa de Olga Cardoso Pinto), fui ler dois livritos há muito em espera. Em “O Conto” (Bahia, 1958), o autor brasileiro Hermann Lima lembra que embora o conto seja o mais antigo dos géneros literários, é, não obstante, o mais moderno em sua forma atual. O conto moderno afastou-se profundamente do velho conto popular, das fábulas, dos apólogos, das alegorias, em que estavam encerrados alguns dos mais universais princípios da sabedoria humana, mas não perdeu, inteiramente, a fisionomia, originária na sua intencionalidade, na sua poesia e no seu simbolismo. 

        Dos quatro géneros de crítica ordenados em “A Crítica Literária” (Ed. Argo, Lisboa 1941) de Adolfo Hatzfeld - estético, moralista, histórico e psicológico -, elejo aqui o primeiro. A crítica estética considera a obra em si mesma, sem averiguar quem é o autor e como vive. Tal crítica aprecia a obra em nome da ideia que faz do Belo, segundo um ideal a que a refere e a compara, conquanto esse ideal não seja o mesmo para todos. 

        Assim é nos contos curtos do José. A ação adota um curso normal até ao momento - antes de cair o pano - em que brota o inesperado, o insólito, ou a reviravolta. É este o segredo do conto, fruto do apuro que projeta o propósito e o sentido. Compare-se, portanto, a literatura com a jardinagem, os contos a um ramalhete, cada peça literária a uma rosa no roseiral. O José sabe ambos os ofícios, pois tem sempre em conta as condições necessárias para o resultado final, a facilidade que oculta a dificuldade. Caramba, José da Xã!  

rosas.xa.jpeg

(imagem do blogue LadosAB )

Em www.bertrand.pt leituras-de-verao-billboard Em www.bertrand.pt wooklet-skyscrapper

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub